Embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe

Ministério dos Negócios Estrangeiros

"Portugal no Coração 2018"

Portugal do Coração 2

À semelhança do que sucede desde 1996, realiza-se este ano mais uma edição do programa “Portugal no Coração”, cujo objetivo é levar a Portugal cidadãos portugueses com mais de 65 anos de idade, residentes fora da Europa e que, por razões de carência económica, não visitem o nosso país há mais de 20 anos.

O programa de 2018 decorrerá a partir da última semana de outubro e contemplará no máximo 15 idosos, em regime de pensão completa, com a duração aproximada de 10 dias, de acordo com as disponibilidades da Fundação INATEL, da TAP Portugal e da DGACCP.

Os critérios de seleção estão definidos no Regulamento, disponível no link https://www.portaldascomunidades.mne.pt/images/EMI/pdfs/Regulamento_Portugal_no_Coração.pdf

Declaração da Representação Local da União Europeia

«A Embaixada de Portugal em São Tomé, na qualidade de representante local da União Europeia (UE) e em coordenação com a Delegação da UE acreditada no Gabão, na Guiné-Equatorial, em São Tomé e Príncipe e na CEEAC, emite a seguinte declaração relativa aos recentes incidentes no país:

Foi com preocupação que a UE teve conhecimento do Comunicado do Conselho de Ministros, de 7 de agosto de 2018, dando conta de uma tentativa de destabilização das instituições democráticas do país, a 3 de agosto de 2018.

A UE condena qualquer tentativa de alteração de poder fora do quadro constitucional e democrático e espera que as investigações em curso possibilitem esclarecer cabalmente o sucedido, no respeito pelo Estado de Direito.

De modo a permitir que as eleições legislativas, regional e locais, de 7 de outubro próximo, ocorram num clima de serenidade, a UE apela a todos os atores políticos santomenses para que encarem o período eleitoral com espírito de tolerância e abertura, no qual as divergências sejam expressas em liberdade, por meios democráticos e dentro dos limites estabelecidos pelo quadro legal e institucional.»

Na praia, deixe apenas a sua pegada.

 

A Embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe em parceria com o FMI, dinamizaram uma atividade de sensibilização para alimpeza das praias e dos locais de interesse turístico.

A iniciativa, que decorreu a 30 de setembro na Lagoa Azul, local de grande beleza natural situado no Distrito de Lobata, contou com a participação do Embaixador de Portugal, Luís Gaspar da Silva, da Chefe de Missão do FMI, Xiangming Li, dos restantes membros da Missão do FMI, funcionários da Embaixada de Portugal e familiares, bem como vinte e cinco alunos da Escola Portuguesa de São Tomé e Príncipe – Centro de Ensino e Língua (EPSTP-CELP) e vinte e cinco da Escola de Guadalupe, devidamente acompanhados pelos respetivos monitores. Todos os participantes receberam uma t-shirt desenhada especificamente para esta ação e um boné. 
A iniciativa contou com o apoio do Ministério da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação (MECCC), do Ministério da Defesa e Administração Interna (MDAM) e da câmara distrital de lobata.
Com esta campanha, realizada sob o lema “Na praia deixe apenas as suas pegadas”, pretendeu-se sensibilizar o público para a importância de manter limpas as praias e outros locais de interesse turístico, bem como o seu impacto na saúde pública e na qualidade dos referidos espaços, de reconhecida importância para São Tomé e Príncipe, face à crescente aposta no turismo.
O lixo recolhido, cerca de quarenta sacos com capacidade de cinquenta litros cada, foi devidamente separado, sendo os plásticos, vidros e latas transportados para a Central de Processamento de Resíduos (CPR), gerido pela Santa Casa da Misericórdia de São Tomé e Príncipe, em parceria com a ONGD portuguesa TESE – Associação para o Desenvolvimento, que beneficia de um cofinanciamento da União Europeia e do Camões, I.P.
Na CPR o vidro recolhido é devidamente separado e triturado e posteriormente usado, em substituição da areia, na produção de peças para revestimento de paredes e pavimentos, bem como bancadas para cozinha e para casa de banho. 
No mesmo local existe também um forno a lenha, onde o vidro triturado é fundido, para posterior utilização na produção artesanal de peças de bijuteria, como missangas, colares, brincos e pulseiras, uma iniciativa apoiada ao abrigo do Fundo de Pequenos Projetos disponibilizado anualmente pelo Camões, I.P. à Embaixada de Portugal.

Contactos

Av. Marginal 12 de Julho
C. P. 173 - S. Tomé

+(239) 222 11 30 (Chancelaria)
+(239) 222 41 51 (Secção Consular)
+(239) 222 49 97 (Secretariado Chancelaria)
+(239) 222 28 36 (Gabinete do Adido de Defesa)
+(239) 222 49 74 (Gabinete da Cooperação)
+(239) 222 14 55 (Centro Cultural Português)
stome@mne.pt (Chancelaria)
sconsular.stome@mne.pt (Secção Consular)
eporcoop@cstome.net (Gabinete da Cooperação)
Facebook 

Mais informação

Ligações úteis

Logotipo Portal das Comunidades Portuguesas

Logotipo Carreiras Internacionais

Logotipo AICEP - Portugal Global

Logotipo Turismo de Portugal

botao instituto diplomatico

2015 botao ue e a lusofonia 150x56

Logotipo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua

CCP SAOTOME

botao alfandegas cplp

Logotipo Portugal Economy Probe